Alimentação saudável e exercícios físicos: a combinação ideal para longevidade

Estudo britânico estabelece relação entre essa combinação com o aumento da expectativa de vida

Priorizar uma alimentação rica em produtos naturais, com mínima ingestão de ultraprocessados, e a prática regular de atividades físicas trazem inúmeros benefícios tanto para a saúde física quanto mental. No entanto, em estudo recente, a combinação entre esses dois elementos se mostrou essencial para a longevidade. Essa pesquisa, publicada pelo British Journal os Sports Medicine, aponta que apenas uma alimentação equilibrada não combaterá isoladamente as consequências de um estilo de vida sedentário e vice-versa.

Por volta de 350 mil indivíduos em todo o Reino Unido participaram da pesquisa, e foram acompanhados pela equipe do estudo por 10 anos. Após a análise de todos os dados coletados durante o período, foram realizadas comparações entre dieta e a prática de atividade física. Como um dos resultados obtidos pelos pesquisadores, a combinação que se associou à maior longevidade entre os participantes foi a com níveis mais altos de exercícios físicos e uma melhor qualidade na dieta, com um consumo prioritário de alimentos in natura.

As conclusões dessa pesquisa endossam os princípios da Medicina do Estilo de Vida, que estimula a transformação dos hábitos para a prevenção e tratamento de doenças crônicas não-transmissíveis, além da promoção de saúde. A atividade física e a alimentação estão entre os pilares dessa abordagem terapêutica, que também considera a qualidade do sono, o manejo do estresse, a redução do consumo de álcool e cigarro e o cuidado com os relacionamentos interpessoais como primordiais para a expectativa de vida e longevidade.

Fonte: Blue Zones

ASSOCIE-SE

Venha fazer parte desta mudança!