Os benefícios físicos, sociais e mentais do riso

Com melhorias na saúde em diversos aspectos, o ato de rir se relaciona com a prevenção de doenças e aumento do bem-estar.

O riso tem poderes físicos, cognitivos e emocionais. Para rir, é necessário ativar diferentes áreas do cérebro, desde as que controlam o processamento motor até o social. No livro “Uma Introdução à Psicologia do Humor”, a autora Janet M. Gibson, professora de psicologia na Grinnell College aponta os benefícios do ato de rir para melhorar o bem-estar tanto físico quanto mental.

Em relação aos benefícios físicos, o riso está envolvido com combinações complexas de músculos, os quais envolvem o movimento dos olhos, cabeça e ombros. Internamente, ativa regiões do cérebro como córtex motor, que controla os músculos; o lobo frontal, setor cerebral que auxilia a entender o contexto; e o sistema límbico, envolvido com a modulação de emoções. Ao rir, são movimentados esses circuitos e há um fortalecimento das conexões neurais. O riso auxilia no controle do estresse, uma vez que pode ajudar no controle de níveis cerebrais do neurotransmissor serotonina e imita a liberação do cortisol, hormônio relacionado ao estresse. Essa substância está relacionada ao desgaste dos sistemas cardiovascular e imunológico, aumentando a vulnerabilidade a doenças.

Já quando o assunto são relações interpessoais, o humor é uma potente ferramenta de criação de laços e aumento da intimidade com o outro. De acordo com o linguista Don Nilsen, o ato de rir o gargalhar está conectado com um forte papel social, uma vez que é raro realizar essa ação quando se está sozinho. Desde a primeira infância, os bebês sorriem para sinalizar prazer e fortalecer vínculo com seus cuidadores. Em outras fases da vida, o riso também é importante. Comediantes, por sua vez, utilizam esse recurso para aproximar o público e criar uma intimidade durante a apresentação, por exemplo. Por meio dessa ação, aprimoram-se habilidades sociais, como compartilhar sentimentos com os outros.

Rir também produz emoções positivas, as quais estão relacionadas a sentimentos como felicidade e alegria. Emoções positivas experienciadas a partir do riso agregam um sentido e significado para vida. De acordo com Janet, para idosos, o riso está especialmente relacionado a uma visão positiva das dificuldades e a construção de pensamento criativo. Assim, em relação à mente, por meio dele, há um aumento do bem-estar subjetivo e da satisfação com o cotidiano.

Texto adaptado do artigo: www.bluezones.com/2020/12/scientific-proof-that-laughter-really-can-be-the-best-medicine 

ASSOCIE-SE

Venha fazer parte desta mudança!